Foi publicado em Araguaína, norte do Tocantins, um decreto que estabelece as tarifas que serão cobradas pelos taxistas da cidade a partir da instalação do taxímetro nos veículos. O texto também determina que os equipamentos sejam instalados até o dia 30 de junho. A taxa inicial para cada corrida será de R$ 4,50.

A quilometragem percorrida durante a viagem será cobrada em duas tarifas. A bandeira 1 custará R$ 3,31 por km, e a bandeira 2, R$ 3,97. (Veja abaixo o horário de cada tarifa) A lei determina também o valor por hora parada, quando o passageiro pede que o taxista espere com o taxímetro ligado, é de R$ 31,66.

O decreto com os valores foi publicado no Diário Oficial da última quinta-feira (2). Segundo a Secretaria de Trânsito, a norma cumpre uma lei federal que obriga o uso do taxímetro em municípios com mais de 50 mil habitantes.

Pelo menos 280 taxistas devem fazer a adaptação dos veículos. Os taxímetros serão vendidos e instalados por empresas certificadas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Os equipamentos precisam passar por medições periódicas.

Valores

  • Taxa inicial – R$ 4,50
  • Bandeira 1 – R$ 3,31 por km (segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e sábados das 6h às 12h)
  • Bandeira 2 – R$ 3,97 por km (das 20h às 6h, sábados a partir das 12h, domingos e feriados)
  • Hora parada – R$ 31,66

Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.


Compartilhar:

Deixe seus Comentario